Bem-vindo ao website da Schneider Electric

Bem-vindo ao nosso site.

Pode selecionar outro país para consultar os produtos disponíveis ou aceder ao nosso website global para obter informações sobre a empresa.

Escolha outro país ou região

  • IssyGrid: construindo a cidade inteligente do futuro eficiente em termos de energia

Default Alternative Text
A cidade inteligente do futuro - Issy-Les-Moulineaux, local da primeira iniciativa de distrito inteligente da França 11.000 USD/ano Potencial de economia anual incentiva o uso de gerenciamento inteligente de armazenamento de gelo para chiller.

As cidades podem evoluir para se tornar mais eficientes, habitáveis e sustentáveis? Agora é um imperativo global que começemos a responder a este desafio. Em menos de 40 anos, 70% da população mundial vai residir em cidades, colocando uma enorme pressão nas infraestruturas urbanas. A lssyGrid® nos dá um vislumbre promissor de um futuro bem mais eficiente, em termos de energia.

Localizada na cidade de Issy-Les-Moulineaux, a sudoeste de Paris, a IssyGrid é a primeira iniciativa de distrito inteligente da França. O projeto de cinco anos foi lançado em 2011 para atuar como um laboratório vivo, demonstrando como os picos de consumo de energia podem ser minimizados, em um eco-bairro de usários de energia participativos. A IssyGrid já está provando que o gerenciamento inteligente de recursos energéticos pode beneficiar proprietários, gestores prediais e locadores.

Aproveitando o valor dos ativo de energia de cada edifício
A Schneider Electric™ e outros sete parceiros importantes da solução estão trabalhando com o governo municipal, instituições e provedores de energia para montar um sistema que administre todos os ativos locais de geração e de consumo, e também ajudar a definir caminhos para otimização da energia. Inicialmente cobrindo as necessidades de cerca de 10.000 pessoas em uma área de cerca de 155.000 metros quadrados no distrito comercial de Seine Ouest, o projeto incluirá em breve edifícios residenciais das proximidades.

A Schneider Electric está implementando uma solução de gerenciamento da flexibilidade da energia, incluindo alguns dos edifícios comerciais de maior destaque de Issy. A solução comtempla medição de energia e gerenciamento de todas as cargas, sistemas de gestão predial, recursos de geração renovável, como painéis solares em tetos, carregadores de veículos elétricos e sistemas de armazenamento de energia elétrica (EESS). Cada edifício troca dados com uma plataforma em nuvem hospedada pela Schneider Electric que, por sua vez, são compartilhados através do OpenADR 2.0b, padrão do setor, com o agregador no nível distrital.

Algoritmos inteligentes ajudam cada gestor de unidade a analisar os perfis de carga projetados e otimizar o consumo de energia de seus edifícios, em resposta aos custos de energia previstos do distrito.

Sucessos iniciais, grandes economias
Além de ser um dos parceiros da solução na IssyGrid, a sede global da Bouygues Telecom também foi um dos primeiros edifícios a participar no projeto. Consumindo uma potência média total de 700 kW, onde 500 kW deles é devido à carga do chiller do sistema de resfriamento. Outros 26 kW abastecem carregadores de veículos elétricos, com tecnologia EVlink™ da Schneider Electric, que permite que o carregamento seja programado ativamente. O edifício também opera como uma "prosumer" de energia (produtora + consumidora) com painéis solares fornecendo a capacidade de geração de energia local de até 26 kW.

O chiller usa um sistema de armazenamento com gelo que representa uma flexibilidade significativa de energia. O gelo é produzido quando o preço variável da energia da rede elétrica é menor ou o mix de suprimento é mais "verde" e, em seguida é utilizado para alimentar o chiller, quando o preço sobe. Um evento típico reduzirá efetivamente quase 400 kW de carga na rede elétrica, sem afetar o conforto do edifício. Os resultados iniciais dessa estratégia de resfriamento inteligente estão indicando que tais incentivos podem chegar a um total entre 3.000 a 11.000 USD por ano para um edifício com aproximadamete de 9.700 metros quadrados.

ROI direto e indireto
À medida que mais edifícios são habilitados para rede elétrica inteligente, o projeto IssyGrid continuará a confirmar o valor dos fornecedores e consumidores de energia trabalharem em conjunto, usando tecnologias que otimizem a produção de energia e o uso nos dois lados do medidor.

Se um edifício tem um projeto eficiente em geral, e permite uma grande variedade de recursos de energia flexíveis e controláveis, o retorno do investimento pode ser considerável. Com um investimento CapEx inicial de aproximandamente 13.000 USD para os equipamentos, para capacitar cada edifício a participar do distrito inteligente, uma empresa poderia obter um retorno do investimento em economias de custos operacionais (OpEx) dentro de três anos. Isto é possível, e ainda continuar operando dentro de restrições realistas de taxas de locação e conforto.

E há benefícios de desdobramentos. A pegada de carbono reduzida e a melhor eficiência da energia de um edifício pode ajudar a atrair investidores e ocupantes, e as cidades que patrocinam programas distritais inteligentes podem experimentar uma rede elétrica mais segura e uma imagem "verde", que atrairá novos negócios e motivar proprietários de edifícios a participar nos programas de Smart Grid.

Saiba mais sobre soluções Schneider Electric para redes na era da Smart Grid
Saiba mais