Bem-vindo ao website da Schneider Electric

Bem-vindo ao nosso site.

Pode selecionar outro país para consultar os produtos disponíveis ou aceder ao nosso website global para obter informações sobre a empresa.

Escolha outro país ou região

  • Qual é a melhor estratégia para planejamento de Smart Grid?

Texto Padrão Alternativo
Assumir uma abordagem estratégica permite que as concessionárias de energia negociem as complexidades de uma transformação para Smart Grid.

Concessionárias de energia que estão planejando uma transformação para Smart Grid, estão lidando com uma iniciativa intrincada e multifacetada. Alguns estão apenas começando a jornada, ao passo que outros já investiram muito tempo e recursos no desenvolvimento de uma estratégia viável. Fazer essa mudança é assustador, entretanto um plano de ações estratégico pode facilitar uma migração mais tranquila. 

Avaliar os fatores impulsionadores do negócio
Qualquer que seja o estágio do processo de planejamento da concessionária em relação à Smart Grid, alinhar os investimentos com os principais impulsionadores do negócio é o local para começar. Esta abordagem já provou ser eficaz para a obtenção do apoio das partes interessadas internas e externas. Os principais fatores impulsionadores do negócio incluem:
• Ambiente regulatório
• Capacidade, despesas e confiabilidade do sistema
• Recursos de geração
• Envolvimento da mídia e do cliente

Avaliar necessidades de tecnologias
Um plano para Smart Grid também deve levar em conta diversas tecnologias novas que afetam o ambiente operacional de uma concessionária de energia e, em alguns casos, capacita a interação entre as concessionárias e seus clientes. Os operadores da concessionária devem avaliar suas tecnologias existentes e determinar onde eles precisam implementar ou atualizar.

Faça um plano de ação para a Smart Grid: Abordagem de 5 passos
Depois que uma concessionária ganha uma visão geral de onde ela se situa em termos de conformidade regulatória e das suas capacidades de infraestrutura e integração, ela terá um ponto de partida para mapear sua jornada. A abordagem de cinco passos a seguir fornece orientações econômicas e customizáveis para ter sucesso em uma Smart Grid.

Imagem 1: A abordagem de cinco passos fornece instruções econômicas que proporcionam sucesso na obtenção de uma Smart Grid.

40-3

New_Picture

Passo 1: Definir papéis e responsabilidades internas dos gestores da concessionária e da equipe responsável pela elaboração do plano de ações.  As funções-chave incluem patrocinadores executivos, diretores da empresa, especialistas técnicos, gerente de projeto, agente de contato com regulamentadoras, e defensores/comunicadores internos. Esta equipe compilará informações, determinará os fatores impulsionadores e as prioridades da empresa, documentará o plano de ações, e se comunicará com as partes interessadas.

Passo 2: Realizar workshops para discutir os fatores impulsionadores e os requisitos.  Os workshops capacitam as equipes a determinar o status atual da concessionária, fazer um brainstorming dos requisitos, e chegar aos passos necessários para elaborar um documento preliminar do plano de ações. Áreas que devem ser abordadas são: medidores inteligentes, redes inteligentes, operações inteligentes, e também a integração central, comunicações, segurança e processos de negócio.

Passo 3: Definir prioridades através de um caso de negócios para implementar tecnologias de Smart Grid.  A melhor abordagem é encontrar um equilíbrio entre os componentes que uma concessionária de energia precisa mais e aqueles que podem proporcionar um retorno rápido. Com base nos impulsionadores comerciais específicos, as concessionárias de energia devem estimar os custos e avaliar os benefícios para montar uma análise financeira.

Passo 4: Documentar o plano.  Para desenvolver um documento do plano de ações para uma Smart Grid, identifique os principais participantes e as partes interessadas e resuma as descobertas do workshop e do caso de negócios. O documento deve descrever os fatores impulsionadores do negócio para cada projeto ou fase de implementação. Inclua um plano de execução detalhado, e indique como e quando esses passos irão afetar as partes interessadas.

Passo 5: Comunicar.  As equipes que estão desenvolvendo um plano de ações para Smart Grid devem perceber a importância da comunicação dentro de suas organizações, durante o processo para ajudar a superar a estrutura típica de "silos" que, frequentemente separa a geração, transmissão, distribuição e grupos operacionais. Isso pode exigir o aperfeiçoamento das metodologias de comunicação.  

Plano para necessidades crescentes
Cada concessionária enfrenta desafios únicos - portanto, não há uma única solução de planejamento. Entretanto, seguir a abordagem de cinco passos garantirá um plano de ações claro que ajudará os interessados a entender as razões e os benefícios para se mudar para uma Rede Elétrica mais inteligente.

Além disso, à medida que o panorama de tecnologia para Smart Grid continua a evoluir e mudar, as concessionárias de energia precisarão reavaliar periodicamente os fatores impulsionadores comerciais e a tecnologia disponível, medir o progresso em relação ao caso de negócios e ao plano de ações, e avaliar a eficácia das comunicações e o uso das tecnologias de Smart Grid implementadas.

Navegue pelas complexidades do roteiro de criação de um Smart Grid com a orientação da Schneider Electric
Saiba mais