Bem-vindo ao website da Schneider Electric

Bem-vindo ao nosso site.

Pode selecionar outro país para consultar os produtos disponíveis ou aceder ao nosso website global para obter informações sobre a empresa.

Escolha outro país ou região

  • Default Alternative Text

    Notícias

    Fique a par das últimas notícias sobre a Schneider Electric Portugal

Schneider Electric desmistifica o tema do Edge Computing no IDC Directions 2018

  • Michael Dalala, Iberian ITD VP da Schneider Electric participou no evento onde falou sobre o tema “Edge is everywhere and nowhere
  • Schneider Electric mostrou como a transformação digital está a impulsionar a necessidade de revolucionar a forma como pensamos os negócios e a forma como agimos perante as pessoas
Lisboa, 23 de outubro de 2018 – A Schneider Electric, líder na transformação digital da gestão de energia e automação, marcou, uma vez mais, presença no IDC Directions 2018, realizado no passado dia 18 de outubro no Centro de Congressos do Estoril, e contou com a participação de Michael Dalala, Iberian ITD VP da empresa que teve a seu cargo o tema “Edge is everywhere and nowhere”, na qual focou a capacidade de olharmos para a transformação digital não apenas como uma oportunidade para aumentar o desempenho das empresas, mas também como uma possibilidade de alteração dos seus modelos de negócio que todos reconhecemos.

A digitalização e o aumento exponencial de dados para serem geridos trouxeram novos desafios às empresas portuguesas. Data Centers e Edge Computing serão cruciais para o sucesso de qualquer organização, mas a discussão pode não ser apenas sobre tecnologia, teremos de contar com as pessoas certas para lidar e liderar a transformação digital. Segundo a Schneider Electric, a alteração dos modelos de negócios tradicionais é a maior transformação industrial e será necessária uma forte liderança para alcançar os objetivos propostos.

Os impactos da revolução tecnológica são por demais evidentes, o conhecimento digital cresceu exponencialmente e levou à disrupção com o lado orgânico da vida quotidiana até aqui vivido por todos. Tal como Michael Dalala referiu na sua apresentação “já não jantamos sozinhos ou a dois”, os dados perseguem-nos para todo o lado, basta ter um dispositivo móvel. Este é o ponto de partida para o futuro da tecnologia e Michael fez questão de o demonstrar, referindo que “Os dados são o novo ouro, e a chave para as empresas, a diferença estará na capacidade que as mesmas terão para extrair a informação que procuram e a forma como a irão utilizar para criar uma experiência única para o cliente”.

O simples On/Off deixou de fazer sentido para qualquer ser humano, caminhamos para uma maior colaboração, maior flexibilidade e maior autonomia proporcionada pela tecnologia, e que irá exigir um novo tipo de profissionais aptos a aprender e a desenvolverem-se a si próprios através de self-training. Aos mesmos caberá a difícil tarefa de transformar informação em conhecimento e gerar valor, transformando ideias em ações. É este o verdadeiro impacto que a transformação digital está a ter nas empresas, à medida que estas procuram usar novas tecnologias que possam ajudar a melhorar a sua produtividade e as suas margens.

A transformação digital está a impulsionar a necessidade de revolucionar a forma como pensamos os negócios e a maneira como pensamos as pessoas. IoT, Realidade Aumentada e Inteligência Artificial são apenas alguns exemplos de tendências atuais que precisam da implementação do Edge Computing. É fácil entender por que pode ter a sensação de que o Edge está na ordem do dia, mas onde está ele? Em todo o lado e em lado nenhum, sabemos que existe, mas não o vemos. No entanto, qualquer que seja a forma como se olha para a transformação digital, sabemos que estas inovações exigirão uma enorme quantidade de capacidade de processamento, grande parte dela local por razões de latência e largura de banda. Compreender essas novas oportunidades em conjunto é o cerne da diferenciação para aproveitar melhor as tecnologias Edge e prosperar no novo mundo digital.

A apresentação de Michael Dalala culminou com a seguinte afirmação e que resume o momento que se vive no mundo empresarial, “Se a sua empresa está na vanguarda da tecnologia e escolhe as pessoas certas, então está bem posicionada para crescer mais rápido que o mercado. Temos de investir nas pessoas e nas suas capacidades de colaboração.”

Sobre a Schneider Electric

A Schneider Electric lidera a Transformação Digital na Gestão de Energia e Automação em Habitações, Edifícios, Data Centers, Infraestruturas e Indústrias.Com uma presença global em mais de 100 países, a Schneider é líder incontestável na gestão de energia – em Média e Baixa Tensão, Alimentação Elétrica Segura e em Sistemas de Automação.

Fornecemos soluções integradas e eficientes que combinam energia, automação e software. No nosso Ecossistema global, colaboramos com a maior Comunidade de Parceiros, Integradores e Programadores através de uma Plataforma Aberta para proporcionar controlo em tempo real e eficiência operacional.

Acreditamos que bons colaboradores e parceiros fazem da Schneider uma grande empresa e que o nosso compromisso com a Inovação, Diversidade e Sustentabilidade garantem que Life Is On em qualquer lugar, para todos e em todos os momentos.
www.se.com/pt