Portugal
Bem-vindo ao website da Schneider Electric

Bem-vindo ao nosso site.

Pode selecionar outro país para consultar os produtos disponíveis ou aceder ao nosso website global para obter informações sobre a empresa.

Selecione sua localização
  • Babies in special baby care unit, hospital management system, healthcare solutions
    Proteja os seus doentes, os seus funcionários e a sua reputação.

    Reforce a segurança hospitalar

    Vigilante a utilizar o programa Hospital Security Overview da Schneider Electric, eficiência energética, segurança cibernética

    Desafios

    De acordo com o inquérito sobre tendências criminosas e de segurança de 2014, conduzido pela Associação Internacional para a Segurança e Proteção de Hospitais [International Association for Hospital Security and Safety - IAHSS], o número relativo a incidentes de violência em hospitais continua a aumentar.
    Três empresários no escritório a sorrir, consultoria de sustentabilidade

    Soluções de segurança para cuidados de saúde

    Porquê a Schneider Electric?

    • Texto padrão alternativo Proteja os seus funcionários Proporcione-lhes o ambiente seguro que merecem, sem violar a privacidade dos doentes.
    • Texto padrão alternativo Mantenha-se a par dos bens do hospital Pare de procurar os equipamentos hospitalares ao implementar a gestão da segurança, composta por sistemas de localização em tempo real.

    Factos

    • Ícone da terra azul A Organização Mundial de Saúde (OMS) indica que 1 em cada 10 doentes é alvo de violência ao receber cuidados, mesmo nos hospitais mais avançados.
    • Ícone de perigo geral azul De acordo com o IAHSS, 98% das unidades de saúde são alvo de crimes e de violência.
    • Texto padrão alternativo O Centro Nacional de Crianças Desaparecidas e Exploradas norte-americano estima que 47% de todos os raptos infantis ocorrem em unidades de saúde.
    • Texto padrão alternativo Num inquérito recente conduzido pela Associação de Enfermeiros das Urgência, mais de 50% dos entrevistados indicou que foram alvo de violência física, ao passo que 70% sofreu abusos verbais.

    O chat encontra-se disponível agora