Bem-vindo ao website da Schneider Electric

Bem-vindo ao nosso site.

Pode selecionar outro país para consultar os produtos disponíveis ou aceder ao nosso website global para obter informações sobre a empresa.

Escolha outro país ou região

  • Default Alternative Text

    Notícias

    Fique a par das últimas notícias sobre a Schneider Electric Portugal

Schneider Sustainability Impact 2018-2020 supera a sua meta de 4/10 no segundo trimestre deste ano para 4.55/10

  • Vinte e um indicadores no novo Schneider Sustainability Impact 2018/2020, o plano e dashboard que reflete a transformação da Schneider Electric ao nível da sustentabilidade para os próximos três anos
  • Dois terços dos indicadores correspondem a novos programas
  • Dezanove milhões de toneladas de CO2 evitadas em clientes finais graças às ofertas EcoStruxure
  • Oito indicadores que excedem a sua meta para o trimestre
Lisboa, 5 de setembro, 2018 - Pelo quarto ano, a Schneider Electric, líder na transformação digital em gestão de energia e automação, anuncia os seus resultados financeiros e não financeiros, para o segundo trimestre de 2018. A cada trimestre, a Schneider Electric publica 21 indicadores do Schneider Sustaintability Impact 2018/2020, que substitui o barómetro Planeta & Sociedade, medindo o progresso dos seus ambiciosos compromissos em torno da sustentabilidade. Com uma pontuação de 4.55 em 10, no final de julho de 2018, o grupo superou a sua meta para o Schneider Electric Impact que era 4 em 10, para o trimestre. Para o final de 2018 o objetivo é 5 em 10.

Os resultados não financeiros, por indicador, são os seguintes:

Gilles Vermot Desroches, Chief Sustainability Officer da Schneider Electric, comenta “Estamos muitos orgulhosos por ver o Chairman e CEO da Schneider Electric nomeado para o Quadro do Conselho Pacto Global da ONU. Como um grupo, estamos empenhados em promover os direitos humanos e os padrões internacionais de trabalho, proteger o ambiente e lutar contra a corrupção, enquanto trabalhamos, constantemente, para a adoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (SDGs) por parte de todos os membros. Esta nomeação reflete o compromisso, duradouro, da Schneider Electric para com o Desenvolvimento Sustentável - um compromisso que se concretiza através dos indicadores Schneider Electric Impact 2018/2020. No final de julho de 2018, o grupo excedeu a sua meta de 4 em 10 com uma pontuação global de 4.55, outro excelente desempenho que confirma que o Schneider Sustainability Impact está num caminho firme.”

Destaques do trimestre

Clima:
  • O indicador “80% eletricidade renovável” melhorou no segundo trimestre. As necessidades de energia da Schneider Electric são constantemente otimizadas, capitalizando o conhecimento do grupo e as soluções EcoStruxure. Desde 2012, as diferentes instalações do grupo já atingiram poupanças de energia de 20%. No final de 2017, a Schneider Electric associou-se à iniciativa RE100 e tem como objetivo obter 80% do seu consumo de eletricidade, a partir de energias renováveis, até 2020. No segundo trimestre de 2018, o indicador ficou em 6%. Três novos sistemas fotovoltaicos já foram instalados em instalações na India, Tailândia e China, acordos de longa duração da compra de energia renovável estão atualmente sob a consideração em diversos países.
Economia circular:
  • O indicador “200 locais classificados como zero waste to landfill” aumentou para 163 locais, resultando na reciclagem e reutilização do equivalente a mais de 4 Torres Eiffel no valor do metal, no primeiro semestre de 2018. Mais de 3,400 camiões de lixo, no valor de resíduos não metálicos também foram desviados do aterro. A extensão do programa Zero Waste to Landfill (TZWL) do anterior barómetro Planeta & Sociedade, não está apenas destinado a melhorar o desempenho dos diferentes locais, mas também a impulsionar inovação para locais TZWL consolidados. As instalações estão empenhadas numa visão para além da reciclagem, direcionando soluções de Economia Circular para as cadeias de fornecimento através de ideias arrojadas como embalagens renováveis/reutilizáveis e soluções digitalizadas para eliminar completamente a geração de resíduos e trazer novos valores de negócio e ambientais.
Saúde e Equidade:
  • O indicador “70% no nosso índice Envolvimento de Colaboradores” aumentou para 67%, mais dois pontos em comparação com o final de 2017. Todas os drivers estão com uma boa evolução, e com um bom nível comparativamente à média do mercado. Este é o sexto ano consecutivo que este indicador melhora para atingir a meta de 70% em 2020.
Ética:
  • O indicador “300 fornecedores sob a vigilância dos Direitos Humanos e Meio Ambiente recebem avaliações específicas nos locais” mostra que 37 fornecedores foram fiscalizados no segundo semestre de 2018. O objetivo deste indicador é controlar um grupo de 300 fornecedores, do grupo, ao longo de três anos, na forma como eles gerem os direitos humanos e o meio ambiente. Os processos, equipa e gestão foram estabelecidos no primeiro semestre de 2018, as primeiras três fiscalizações já foram realizadas. Até ao final do segundo trimestre foram efetuadas trinta e sete fiscalizações. Estas fiscalizações, especificas, focam-se na forma como o grupo pode apoiar os fornecedores na identificação de áreas que podem ser melhoradas e planos de ação para os colocar em linha com as melhores práticas industriais (Código de conduta e de Ética Empresarial)
Desenvolvimento:
  • O indicador do resultado “12,000 dias de voluntariado graças à nossa plataforma global de voluntariado” é mais do que satisfatório para o segundo trimestre. Até à data, 7,258 dias de voluntariado foram efetuados, incluindo 1,665 apenas no primeiro trimestre. Com o lançamento da nova plataforma digital de voluntariado, a Fundação Schneider Electric assumiu uma nova escala para impulsionar o envolvimento dos colaboradores
Destaques:
  • O Pacto Global: o presidente e CEO da Schneider Electric é nomeado para o Conselho do Pacto Global das Nações Unidas.
  • A Schneider Electric é nomeada pela ISS-Oekom Corporate Responsibility Review 2018 como lider no setor, juntamente com outros seis lideres da indústria francesa: Valeo, Peugeot, Amundi, CNP Assurances, e Sanofi. Fundada em 1993, ISS-Oekom é uma agência de classificação que Analisa o desempenho ESG de empresas e países.
  • A Schneider Electric é reconhecida pela sua abordagem de responsabilidade social em vários índices de Vigeo Eiris Euronext indices: World, Europe, Eurozone e France. A Schneider Electric é também o único representante do setor a ser referenciado no índice de França.
  • A Schneider Electric obtem cinco posições no ranking Top 25 da Gartner Supply Chain e é premiada na 17º posição pela exemplar gestão da cadeia de valores.
Os resultados não financeiros do nosso segundo trimestre de 2018 estão disponiveis no seguinte site www.schneider-electric.com/sri

Sobre a Schneider Electric
A Schneider Electric lidera a Transformação Digital na Gestão de Energia e Automação em Habitações, Edifícios, Centros de Dados, Infraestruturas e Indústrias.

Com uma presença global em mais de 100 países, a Schneider é líder incontestável na gestão de energia – em Média e Baixa Tensão, Alimentação Elétrica Segura e em Sistemas de Automação.

Fornecemos soluções de eficiência integrada que combinam energia, automação e software. No nosso Ecossistema global, colaboramos com a maior Comunidade de Parceiros, Integradores e Programadores através de uma Plataforma Aberta para proporcionar controlo em tempo real e eficiência operacional.

Acreditamos que bons colaboradores e parceiros fazem da Schneider uma grande empresa e que o nosso compromisso com a Inovação, Diversidade e Sustentabilidade garantem que Life Is On em qualquer lugar, para todos e em todos os momentos.

www.schneider-electric.pt